PORQUE AS DIETAS NÃO FUNCIONAM

 Aspecto físico-  o corpo só pode suportar um jejum longo durante a vida. A privação repentina e prolongada de comida baixa o ritmo do seu metabolismo, que define a quantidade de calorias que precisa ser queimada a cada dia para o corpo poder funcionar. Este ajuste metabólico sempre serviu a uma importante finalidade evolutiva. Durante os períodos de fome garantiu a sobrevivência daqueles cujos corpos estavam ingerindo menos calorias.

Por herança, as dietas são autodestrutivas. Detonam nosso sistema de alarme genético, diminuindo a quantidade de calorias de que precisamos para funcionar e fazendo com que nossos corpos armazenem gordura extra como proteção contra privações futuras, nos mantendo prisioneiros para sempre da contagem de calorias.

 

Mente – sempre que entramos numa dieta começamos a ficar mais do que nunca obcecados pela comida. As pessoas são sempre atraídas pelo seu pensamento dominante, mesmo que esse pensamento seja a falta de alguma coisa. As dietas são todas sobre privação. Quando iniciamos uma dieta começamos a morrer de vontade de comer o que desejamos, porque não podemos comer aquilo.  Toda a energia mental passa a ser gasta na realização desse único pensamento. Mesmo resistindo ao pôr o alimento proibido na boca continuamos presos a comida em nossa mente.

Você pode não estar queimando as calorias, mas sua mente está queimando em pensamentos sobre o que você não está comendo. Não espanta que as dietas deixem as pessoas tão deprimidas.

 

 

Foto divulgação

 

Controle – as dietas não funcionam porque elas giram em torno de controle. As pessoas com distúrbios de alimentação pensam em termos de controlar o que comem e são muito rígidas em sua atitude. É muito mais difícil conviver com a dependência da comida do que com a dependência do álcool ou de outras substâncias dos quais podemos nos abster totalmente. A alimentação é necessária a vida e os dependentes de comida acreditam que precisam controlar a ânsia de comer em excesso a cada vez que põem a comida na boca. Mais cedo ou mais tarde essa negatividade vai vencer e vão atacar a alimentação com mais sofreguidão.

(Extraído do livro: “Não é o que você está comendo, é o que você está remoendo” – Janet Greeson)

 

Welodimer Neustädter

Psicólogo, Sociólogo & Coach Especialista em Emagrecimento e Dependência Química.

Marque uma sessão de avaliação comigo! Atendimentos através de videoconferências. Venha conhecer mais de perto o que um profissional de Coaching pode fazer para ajudá-lo a sair do estado atual em que se encontra, e a chegar ao estado desejado.

Reduza custos e otimize seu tempo com reuniões a um clique de distância!

 

Espero que esse artigo tenha contribuído de alguma forma! Além disso, gostaria muito de saber sua opinião sobre o que leu, por isso, click no botão “envie uma mensagem” e fale comigo.

Ah! Lembre-se de deixar “seu comentário” logo abaixo, “curtir” e “compartilhar” ok?

Um grande abraço.

 

 

 

The following two tabs change content below.
Welodimer Neustädter

Welodimer Neustädter

Psicólogo, Sociólogo & Coach. Trabalha como terapeuta e psicólogo há 29 anos principalmente na área de dependência química. Practioner de coaching & PNL - CRERSERMAIS. Profissão Coach – Geronimo Teml. Profissão coaching & PNL- Edson Burger. Master Coach – Instituto Edson Burger. Especialização em Emagrecimento.
Welodimer Neustädter

Últimos Artigos porWelodimer Neustädter (see all)

Post do Autor Welodimer Neustädter

Welodimer Neustädter
Psicólogo, Sociólogo & Coach. Trabalha como terapeuta e psicólogo há 29 anos principalmente na área de dependência química. Practioner de coaching & PNL - CRERSERMAIS. Profissão Coach – Geronimo Teml. Profissão coaching & PNL- Edson Burger. Master Coach – Instituto Edson Burger. Especialização em Emagrecimento.