fome

EXISTEM VÁRIOS TIPOS DE FOME, DESCUBRA QUAIS

Você já parou para pensar como são feitas suas refeições? Já refletiu de que forma se alimenta?  Muitas pessoas comem, mesmo sem fome, quando estão tristes ou estressadas. Além de se importar com o que come, é importante pensar quando e porque está comendo.

Existem vários tipos de fome, mas os principais são a fome física e a emocional. Esta, por sua vez, engloba outras subcategorias de fome que vamos descobrir agora.

 

Fome Física

A fome física é a fome real de caráter fisiológico. É a maneira que o corpo encontra para avisar que necessita de nutrientes para manter suas funções vitais.

É um processo normal do organismo, assim como o sono e a sede.

A fome física aparece gradativamente. Ela diminui com a ingestão de líquidos e também pode diminuir na presença de estresse ou preocupação.

O ato de comer traz satisfação e bem-estar.

 

Fome Emocional:

A fome emocional está relacionada ao estado psicológico, é a maneira que a pessoa encontra de suprir suas necessidades emocionais.

A pessoa busca no alimento o conforto para momentos de tristeza, felicidade, stress, cansaço, ansiedade, frustação, empolgação, dentre outros.

A fome emocional aparece repentinamente em caráter de urgência.

A pessoa tende a escolher alimentos açucarados, que depositem glicose rápida na corrente sanguínea. Dessa forma, ela aumenta no organismo a serotonina, um neurotransmissor que faz com que ela se sinta bem e feliz.

Na maioria das vezes, na fome emocional, a pessoa come mais do que gostaria e isso acaba trazendo sentimento de culpa e frustração.

É normal sentir fome emocional, o problema acontece quando esse episódio se repete com certa frequência, impedindo o emagrecimento ou até levando ao ganho de peso.

 

Agora vamos ver algumas subcategorias da fome emocional

 

Vontade

A vontade geralmente está ligada a algum alimento específico e surge repentinamente por um estímulo externo, como por exemplo: uma foto de um hambúrguer no outdoor, uma propaganda de uma chocolataria na televisão ou mesmo uma roda de amigos falando sobre determinado alimento.

Quando identificarmos que a fome decorreu, por exemplo, em razão de uma foto vista no outdoor, lembre-se que se trata de um estímulo externo, portanto, a vontade logo passará.

 

Fome social

A fome social está associada a eventos como festas, reuniões, confraternizações. Nessa situação, a pessoa come sem estar com fome de verdade. Ela come apenas pelo fato de todos estarem comendo.

Durante estes eventos, as pessoas acabam comendo mais do que deveriam justamente por não estarem prestando atenção na quantidade que se come e sim envolvidos pelas conversas e pelos amigos.

É normal comer e confraternizar com amigos e familiares, porém se o objetivo for emagrecer, não devemos fazer isso com frequência.

Cada situação exige de nós a melhor escolha.

 

Fome habitual

A fome habitual aparece em um determinado horário ou local em que costumamos comer sempre.

Ela está ligada ao hábito e à rotina, como o horário de café da manhã, almoço, lanche e janta.

É uma fome que aparece apenas pelo fato do cérebro entender que já está no horário de comer e não porque ela realmente existe.

 

Fome de memória afetiva

A fome de memória afetiva é aquela que aparece imediatamente quando entramos em contato com o alimento que nos remete a determinada época, situação ou uma lembrança, por exemplo a infância.

Comemos porque aquele alimento nos traz boas recordações e não necessariamente pela fome.

 

Conclusão

Usualmente, as pessoas se alimentam sem antes refletir sobre qual tipo de fome está sentindo. Criar o hábito de fazer esta identificação antes de ingerir algum alimento é o primeiro passo para não exagerar nas refeições.

Lidamos melhor com a fome e até conseguimos preveni-la, quando o identificamos a sua razão.

Portanto, não coma suas emoções, procure outra forma para preenchê-las.

O problema não está na comida…

O problema está ancorado na mente…

-Jan ChozenBays

 

The following two tabs change content below.
Ludyana Coelho

Ludyana Coelho

Formada em Estética e Cosmética e Atuo como Master Coach de Emagrecimento formada pelo Instituto Edson Burger. Sou ex obesa, emagreci 30 quilos e mantenho meu peso a seis anos. Sou apaixonada por gente, e estou sempre em busca do meu desenvolvimento pessoal. Ajudo pessoas a conquistarem o emagrecimento definitivo através do Coach e da PNL assim como eu conquistei.
Ludyana Coelho

Últimos Artigos porLudyana Coelho (see all)

Post do Autor Ludyana Coelho

Ludyana Coelho
Formada em Estética e Cosmética e Atuo como Master Coach de Emagrecimento formada pelo Instituto Edson Burger. Sou ex obesa, emagreci 30 quilos e mantenho meu peso a seis anos. Sou apaixonada por gente, e estou sempre em busca do meu desenvolvimento pessoal. Ajudo pessoas a conquistarem o emagrecimento definitivo através do Coach e da PNL assim como eu conquistei.