DICAS PARA DIMINUIR A COMPULSÃO POR DOCES

Segundo a Nutricionista Juliana Bertuluci Spessotto, o desejo por alimentos doces é um dos fatores que mais atrapalham no processo de perda de peso. Portanto, entender as causas e trabalhar no sentido de evitar episódios de compulsão por esses alimentos irá auxiliar nesse processo.

Existem vários fatores que podem estar envolvidos nos episódios de compulsão por doces. Desde fatores psicológicos até fatores químicos e metabólicos do nosso organismo. Isso significa que nem sempre a vontade de comer doces é apenas gula ou tentação. Existem muitos fatores fisiológicos que poderiam explicar essa necessidade por açúcar, já que a glicose presente nos doces além de ser a principal fonte de energia das nossas células, está também relacionada com neurotransmissores e hormônios como a dopamina e serotonina, que estão diretamente ligados a sensação de prazer e felicidade.

Quando os níveis destes hormônios estão baixos no nosso organismo, nos sentimos mais ansiosos e sentimos a necessidade de alimentos doces ou carboidratos, já que eles estão ligados com a produção da serotonina. Entretanto essa necessidade pode estar relacionada também a falta de algumas vitaminas e minerais e principalmente o triptofano.

O triptofano é um aminoácido que age na produção da serotonina, portanto ajuda a manter os níveis ideais desse hormônio, diminuindo assim a ansiedade e o estresse e por consequência pode ajudar a diminuir a compulsão por doces.

 

 

Incluir na dieta alimentos como aveia, queijos, peixes, castanhas irão fornecer triptofano que por consequência irão agir no processo de sentimento de bem estar, diminuindo a vontade por doces.

Outro fator importante citado pela nutricionista é que devemos estimular nossos cérebro a se acostumar com novos paladares. Temos que aprender a apreciar sabores novos. Para isso, devemos incluir pelo menos três alimentos azedo ou amargo no nosso dia a dia. O nosso paladar é viciado no doce, e as vezes por isso não conseguimos aceitar por exemplo, um café sem açúcar, ou maracujá ou suco de limão sem açúcar ou adoçantes. Devemos aos poucos incluir esse tipo de alimento, pois temos que aprender a apreciar estes sabores também para que possamos conhecer o real sabor dos alimentos, sem mascara-los com açúcar ou adoçante, já que são os nutrientes ali presentes que os fazem ter este sabor.

Dessa forma, vamos aos poucos perdendo o vício pelo doce e aprendemos a apreciar e ter prazer em novos sabores.

 

Quer marcar uma sessão de avaliação comigo?

É só clicar no botão do Zap abaixo que falará diretamente comigo, e te darei gratuitamente essa primeira avaliação.

Espero que esse artigo tenha contribuído de alguma forma! Além disso, gostaria muito de saber sua opinião sobre o que leu, por isso, deixe seu comentário logo abaixo!

Ah! Lembre-se de “curtir” e “compartilhar” ok?

The following two tabs change content below.
Maria Izabel Bertuluci

Maria Izabel Bertuluci

Nascida em Sacramento MG em 29 de maio de 1959 e atualmente resido em Piracicaba SP. Sou casada há 39 anos e tenho 2 filhos. Formada em contabilidade, porém trabalhei na área de comércio de alimentação por 35 anos e atualmente Coach do Instituto Edson Burger.
Maria Izabel Bertuluci

Últimos Artigos porMaria Izabel Bertuluci (see all)

Post do Autor Maria Izabel Bertuluci

Maria Izabel Bertuluci
Nascida em Sacramento MG em 29 de maio de 1959 e atualmente resido em Piracicaba SP. Sou casada há 39 anos e tenho 2 filhos. Formada em contabilidade, porém trabalhei na área de comércio de alimentação por 35 anos e atualmente Coach do Instituto Edson Burger.