COMO SER PRÓSPERO SEM SE SABOTAR

Desde a sua infância você sonhou em ser próspero, ter uma carreira profissional, um negócio próprio com recursos financeiros e que pudesse  tornar você  independente.

Todos os dias você se pergunta o que tem feito de errado, pois a sua vida profissional e seus negócios não tem apresentado o resultado que você sempre sonhou.

 

Você já parou para pensar o que te impede de alcançar a Prosperidade?

Nesse artigo iremos abordar alguns comportamentos sabotadores que podem impedir as pessoas de alcançar a Prosperidade e a abundância em suas vidas.

Sabotadores são padrões mentais que registramos em nossa mente ao longo de nossa vida e que influenciam nosso comportamento de forma negativa. Estes padrões mentais são pensamentos perigosos que nos fazem agir no “piloto automático” e nos impedem de alcançar nossos objetivos.

Os Comportamentos sabotadores são aqueles que nos tiram o foco e nos impede de alcançar nossos sonhos.

Vamos abordar um dos sabotadores mais fatais de nossos comportamentos.

O Crítico (exigente implicante ou rude demais)

João acorda cedo todos os dias para ir ao trabalho e se lembra de que seu dia será o mesmo, isto o deixa chateado. Começa a se perguntar por que nada dá certo para ele.

Pega o ônibus cheio e diz para si mesmo que no dia seguinte ele irá acordar mais cedo para não pegar o ônibus lotado. Olha para o lado e observa Joana sentada a sua frente com suas roupas amassadas e seus sapatos muito usados, ele pensa porque ela iria trabalhar daquele modo.

Olha para o outro lado e fala para o motorista do ônibus que ele não sabe dirigir. Chega ao seu destino e desce do ônibus e nesse momento pensa que a sua vida é muito ruim.

Entra no seu emprego e reclama que a fila do elevador está grande e sobe cinco andares pela escada. Chega todo suado e junto com o elevador, a porta se abre e ele vê seu chefe se aproximando e lembra-se daquele relatório que ainda não fez, se critica porque não sabe utilizar o novo programa do computador.

Lembra que ele acordou e prometeu que iria se encontrar com os amigos e está sem dinheiro para a rodada dos drinks, e que não tem nenhum dinheiro no banco, ou mesmo em sua carteira e pensa que tudo dá errado em sua vida. Olha para sua mesa da sala e observa uma pilha de contas e se sente ainda pior.

Ele pensa que se fosse promovido algum dia, ele poderia comprar aquele tênis ou aquele carro azul que ele sempre sonhou e novamente escuta uma voz dizendo que ele não sabe fazer nada certo e que nunca irá ser promovido, pois é um incapaz.

Não diz ao chefe que gostaria de ser promovido, pois para isso precisaria fazer uma prova e ele já sabe que não será aprovado. Olha para seu amigo sentado na mesa ao lado e diz que ele faz tudo errado.

João é um exemplo ampliado dos comportamentos de muitas pessoas hoje em dia. Gastam tanto tempo reclamando de si e dos outros, que não conseguem fazer a vida andar.

 

Você é Crítico?

Você se identifica com o crítico em excesso? Acaba paralisado e sem fazer nada do que gosta? Tem o hábito de apontar os defeitos de seus colegas, esposa e de seus filhos?

Dentre os comportamentos a seguir, marque os que você identifica em si mesmo, depois some quantos marcou:

E  Eu reparo em coisas que não estão certas ou do jeito que deveriam estar.

O sarcasmo é um estilo de humor com o qual me identifico.

Com frequência, as outras pessoas não atingem o alto padrão que eu espero.

As pessoas não ficam genuinamente entusiasmadas nem felizes em me ver.

Fico facilmente frustrado se os outros não fazem o que quero, do jeito que quero.

Pessoas que me conhecem bem já me acusaram de ser cético.

Não estou reclamando. Só estou indicando os problemas que precisam ser resolvidos.

Tenho fama de dar opiniões sem que ninguém peça.

Não dou nota máxima, porque sempre é possível melhorar.

Costumo reparar nos defeitos das outras pessoas.

 

Você tem tendência a ser Crítico?

De 0 a 10 o quanto você é crítico? Considere 0 menos crítico e 10 mais crítico.

(Adaptado do Livro Pare de sabotar e dê a volta por cima, de Flippen Flip)

 

O medo de julgamentos

Se por um lado é importante suspender nossas críticas e julgamentos, é também muito importante, por outro lado, curarmos nossas experiências de sermos julgados.

Muitas coisas, desde aspectos físicos até nossas crenças religiosas, são usadas para sermos julgados pelos outros.

Precisamos aprender a reconhecer a nossa verdade e entender que o julgamento alheio não muda quem somos.

Também não é inteligente tentarmos mudar a percepção das pessoas sobre nós. É um gasto de energia muito grande para um propósito muito pequeno.

 

– Você já foi ou é julgado por algo?

 

– Se sim, pelo que?

 

– O que tem feito para superar esses julgamentos?

 

Suspenda todos os julgamentos

Existem pessoas com as quais não nos damos bem, pelas quais não nutrimos muita simpatia.  Isso é normal, natural. O que nos diferencia é a forma como lidamos com esse sentimento.

Não importa quais sejam as suas crenças, suas ideologias, sua forma de agir, sua forma de se vestir, sua orientação sexual…  nada, absolutamente nada.

Todos os julgamentos devem estar suspensos. O que importa é a pessoa que está à sua frente.

O que você julga nas pessoas?

Tente achar pontos positivos “naquela” pessoa.

Identifique 05 pessoas com as quais você não costuma interagir e diga pelo menos um ponto positivo de cada uma delas.

Nome:__________________________________________________________ Ponto forte:______________________________________________________

Nome:__________________________________________________________ Ponto forte:______________________________________________________

Nome:___________________________________________________________Ponto forte:_______________________________________________________

Nome:___________________________________________________________Ponto forte:_______________________________________________________

Nome:___________________________________________________________Ponto forte:_______________________________________________________

 

Dicas para desenvolver a positividade e elevar o nível de sua felicidade

1- Pare de se criticar – Gostar de si mesmo é essencial para o bem-estar.

2- Cultivar o otimismo – Um estudo da Universidade de Harvard (EUA) descobriu que as pessoas otimistas são mais felizes, e menos propensas a ter doença cardíaca ou um acidente vascular.

3- Sorria sempre que puder, ria de suas piadas.  Quem sorri estimula o cérebro a liberar serotonina e endorfina, substâncias responsáveis pelo prazer e que proporcionam o bem-estar. O sorriso ajuda a combater a depressão.

4- Aprenda a gostar de sua companhia – A correria diária algumas vezes atrapalha os relacionamentos mais próximos e precisamos passar mais tempo sozinhos.

Você se lembra da última vez que tirou um dia apenas para você? Faça coisas que você aprecia, leia um livro, assista um filme, visite um amigo, saia para se divertir e lembre-se que a pessoa mais importante é você mesmo. Para cuidar dos outros e realizar suas atividades é necessário ter prazer e ter vitalidade.

5- Pratique exercícios físicos que te dêem prazer  – Corpo e mente em harmonia leva ao equilíbrio e ao caminho da felicidade.

6- Celebre a vida – Comemore todas as suas conquistas e lembre-se dos momentos maravilhosos de sua vida e que se sentiu bem.

7- Escute músicas que ajudam a relaxar, pois irá ajudar a combater o estresse.

8- Inclua hábitos saudáveis em sua vida.

 

Rose Mary Sá

Master Coach – Especialista em Emagrecimento e PNL

 

 

 

The following two tabs change content below.
Rose Mary Sá Master Coach

Rose Mary Sá Master Coach

Começou como bancária e chegou a gerência administrativa desenvolvendo Equipes. Fez formação acadêmica em História, e pós-graduada em História do Brasil pela UFF-Certificada pelo Instituto Edson Burger como Coach com especialização em Emagrecimento e PNL. Atua como professora na rede estadual do RJ, atualmente ministra aula de Sociologia. Master Coach pelo Instituto Edson Burger. PSC- Professional & Coach - IBC (em formação) Curso sobre Sabotadores ministrado por Eric Arruda.
Rose Mary Sá Master Coach

Últimos Artigos porRose Mary Sá Master Coach (see all)

Post do Autor Rose Mary Sá Master Coach

Rose Mary Sá Master Coach
Começou como bancária e chegou a gerência administrativa desenvolvendo Equipes. Fez formação acadêmica em História, e pós-graduada em História do Brasil pela UFF-Certificada pelo Instituto Edson Burger como Coach com especialização em Emagrecimento e PNL. Atua como professora na rede estadual do RJ, atualmente ministra aula de Sociologia. Master Coach pelo Instituto Edson Burger. PSC- Professional & Coach - IBC (em formação) Curso sobre Sabotadores ministrado por Eric Arruda.