COMO O OTIMISMO MELHORA NOSSA VIDA?

O otimismo é a capacidade de ver o lado positivo das coisas e circunstâncias, produz efeitos benéficos para a saúde, podendo impactar de forma benéfica o sistema imunológico. Já o pessimismo tem como caraterística principal a capacidade de julgar tudo da pior forma possível. Os efeitos disso na vida e na saúde podem ser nocivos pois,  esta forma de perceber os acontecimentos pode levar à perda do sentido da vida, a diminuir esforços para alcançar metas e objetivos e até desenvolver a depressão.

 

Segundo o Psicólogo Martin Seligman, Diretor do Departamento de Psicologia da Universidade da Pensilvânia e uma das maiores autoridades mundiais em psicologia positiva, desamparo, controle das emoções, depressão, otimismo e pessimismo; está demonstrado, por meio de evidências amparadas em profundas pesquisas científicas, que o otimismo tem o poder biológico de melhorar o estado geral de saúde de uma pessoa, podendo inclusive contribuir de forma decisiva para a cura de doenças. Tal força é gerada a partir da escolha do modo em que encaramos o mundo interno e externo. O impacto do otimismo é evidente na biologia de forma objetiva mas,  também conduz a estados de humor positivos e com certeza é um ingrediente para a felicidade.

 

E que tipo de atitudes se assumem ante a adversidade e cada forma de ver à vida ?

As atitudes mentais ante as adversidades da vida são muito diferentes entre as pessoas otimistas e as pessimistas. Sermos conscientes  disto pode nos ajudar a modelar o modo de pensar otimista e aprender a desenvolver esta forma de enfrentar os desafios da vida.

Na seguinte tabela ficam representados os dois modelos de pensamento ante as situações adversas.

 

Atitudes mentais ante a adversidade
Dimensões Pessimista Otimista
Durabilidade no tempo Tendem a pensar que os eventos adversos tem uma alta durabilidade no tempo ou que não passarão. Pensam que todas as situações são passageiras.
Personalização da responsabilidade Se culpam de todo o negativo que acontece na suas vidas e pensam que é sorte quando acontece algo positivo. Focam totalmente no negativo.

No nível global, a culpa é dos outros, do sistema, dos políticos, da economia, da lua, das estrelas….

Se sentem totalmente responsáveis de todo o negativo ou positivo que aconteça na suas vidas, pensam que tudo trata-se só de resultados, focam nos aspectos positivos e traçam estratégias para melhorar os resultados obtidos.

No nível global pensam que a responsabilidade é de todos.

Abrangência Sofrem de “terrivelite”, tudo é superdimensionado: Terrível, monstruoso, absoluto… Os acontecimentos são pontuais, isolados, não envolvem todas as áreas da vida mas se limitam a uma delas.
Protagonismo Se sentem fora de controle e se identificam com adjetivos negativos sobre si mesmos: “É que eu sou…” Sabem que podem tomar decisões que  diminuam ou eliminem o impacto causado pelas adversidades nas suas vidas.

 

Como o próprio Martin Seligman argumenta : “ser otimista é se esforçar para encontrar soluções, vantagens e possibilidades em todas as situações que enfrentamos na vida”.

Portanto, aprender a ser otimista exige esforço e muita força de vontade; é possível, com treino, aprender a ver as coisas de uma forma positiva e ter resultados extraordinários na vida.

 

Tags- otimismo, pensar positivo, atitudes positivas, pessimismo e otimismo.

The following two tabs change content below.
Ianoika Guerra Torres

Ianoika Guerra Torres

37 anos, Coach de Emagrecimento e de Desenvolvimento Pessoal. Atualmente cursando psicologia. Temas de interesse para desenvolver: Holística e a Felicidade Autentica da Psicologia Positiva.
Ianoika Guerra Torres

Últimos Artigos porIanoika Guerra Torres (see all)

Post do Autor Ianoika Guerra Torres

Ianoika Guerra Torres
37 anos, Coach de Emagrecimento e de Desenvolvimento Pessoal. Atualmente cursando psicologia. Temas de interesse para desenvolver: Holística e a Felicidade Autentica da Psicologia Positiva.