A importância do abraço

“Os abraços foram feitos para expressar o que as palavras deixam a desejar.” (Anne Frank)

Alguns dias atrás, fiz uma produção de texto com meus alunos, o tema foi: Qual a impôrtancia do abraço? Antes conversamos sobre o assunto e as respostas foram as mais variadas e incríveis. Disseram que: era uma forma de expressar sentimentos, amenizar carência, troca de energias e um que me chamou bastante a atenção foi de uma aluna que disse que o abraço é coração com coração.

Se pensarmos bem, o abraço é tudo isso mesmo, é uma terapia e das fortes!

  • O abraço melhora a autoestima e a autoconfiança
  • Reduz o estresse e a ansiedade.
  • Aumenta os níveis de serotonina, libera uma substância chamada oxitocina, também conhecida como o hormônio do bem-estar.

O abraço quebra nossos medos, passa segurança, fala, acolhe, protege e acalma, consegue transmitir empatia.

A duração média de um abraço entre duas pessoas é de no mínimo três segundos e se chegar a vinte segundos, há um efeito terapêutico sobre o corpo e a mente.

Dar um abraço significa carinho, amor, afeto e amizade. Estabelece uma ligação saudável entre as pessoas. É na verdade um simples gesto carregado de sentimentos.

E como diz na frase de Anne Frank “…expressa sentimentos que as palavras deixam a desejar.”

Então com todos estes benefícios, que tal abraçar mais?

The following two tabs change content below.
Ana Paula Favaro Nogueira

Ana Paula Favaro Nogueira

Graduada em pedagogia pela Universidade Anhanguera, com especialização em Psicopedagogia e Deficiência Intelectual. Atuo em sala de aula com crianças na faixa etária de 6 a 10 anos. Gosto muito de trabalhar com pessoas, conversar e ajudar as pessoas. Trabalho como coach pelo Instituto Edson Burger, sempre em busco do melhor para mim e para as pessoas em minha volta.
Ana Paula Favaro Nogueira

Últimos Artigos porAna Paula Favaro Nogueira (see all)

Post do Autor Ana Paula Favaro Nogueira

Ana Paula Favaro Nogueira
Graduada em pedagogia pela Universidade Anhanguera, com especialização em Psicopedagogia e Deficiência Intelectual. Atuo em sala de aula com crianças na faixa etária de 6 a 10 anos. Gosto muito de trabalhar com pessoas, conversar e ajudar as pessoas. Trabalho como coach pelo Instituto Edson Burger, sempre em busco do melhor para mim e para as pessoas em minha volta.