5 SINAIS DE COMPROMETIMENTO EXCESSIVO COM O PRÓXIMO

Milhares de pessoas no mundo todo, estão sobrecarregadas de atividades.

A impressão que temos é que o dia deveria ter mais do que 24 horas. Os 86.400 segundos que temos todos os dias, não são suficientes para resolver nossa vida.

Agora, imagine que além de se preocupar em resolver seus próprios compromissos, você for uma daquelas pessoas que ainda agrega para si, os compromissos dos familiares amigos e agregados?

 

Sim, muitas pessoas não conseguem dizer “não”, e por conta disso, acumulam afazeres, que geralmente não são seus e muitas vezes, chegam a se prejudicar, em prol de cumprir o compromisso que assumiu com o outro.

 

Para entender melhor o que acontece, continue comigo…

 

Comprometimento Com O Próximo

 

Em primeiro lugar, vamos entender o que é comprometimento?

 

Comprometimento é um substantivo masculino que significa a ação de comprometer ou se comprometer com alguém ou alguma coisa. Em latim significa compromissos, que indica o ato de fazer uma promessa recíproca.

 

Geralmente, as pessoas que tem o comprometimento com o próximo como seu valor máximo, ficam extremamente incomodadas se não fizer algo que se comprometeu com alguém. Muitas pessoas com este valor são pontuais para não deixar o próximo esperando. Pessoas que atingem esse grau de comprometimento, faz muito mais pelo próximo do que por si mesmo.

 

Isso não significa que não podemos fazer um favor, como por exemplo, comprar algo que  alguém esteja precisando, já que vamos passar na porta de uma loja. Ou até mesmo, sair para comprar um remédio para uma pessoa que esteja precisando muito, ou até mesmo ouvir um amigo e dar um conselho.

 

O que estou falando aqui, é de perder horas do seu dia, resolvendo assuntos para outras pessoas e deixando de resolver os seus, como chegar ao ponto de perder algum compromisso importante, por ter que resolver algo primeiro para outra pessoa, ou seja,  bem extremo.

 

Nós sabemos que existem os dois lados da moeda. É evidente que tem pessoas extremamente comprometidas e outras que não estão nem aí com o próximo. O que também não é nada bom. Os dois extremos trazem prejuízos aos individuos que os apresentam.

 

Mas, como estamos falando do comprometimento excessivo e não a falta dele, vamos refletir:

 

O que tem na vida do outro, que seja mais atraente para você, a ponto de largar a sua própria vida?

 

Essa é uma resposta que iremos encontrar, se observarmos que enquanto estamos construindo a vida do outro, esquecemos da nossa.

 

Podemos perceber 5 indicadores para responder a essa questão.

 

Vamos conhecê-los no próximo tópico.

 

Cinco Pontos Que Levam Ao Comprometimento Excessivo

 

Vamos conhecer 5 pontos cruciais, que demonstram porque deixamos de cuidar dos nossos compromissos para atender aos outros.

 

  1. Autoimagem: construímos nosso ambiente, conforme nossa autoimagem, ou seja, se não temos noção de como somos realmente, melhor servir ao outro.

 

  1. Autoestima: ter uma autoestima baixa, também fortalece esse comportamento

 

  1. Merecimento: o que acreditamos que merecemos, ou seja, o quanto merecemos nos sentir realizados, bem sucedidos, prósperos. Se isso não faz o menor sentido, melhor tornar o outro realizado.

 

  1. Respeito próprio: é uma combinação de honrar a si mesmo e saber que somos bons o bastante. No entanto, como podemos pedir algo a alguém, quando não nos sentimos dignos, então, é melhor servir.

 

  1. Comparação: todas as vezes que nos comparamos com o outro, acabamos fazendo algo muito negativo e é fato comprovado que, na maioria das vezes nos sentimos diminuidos em relação ao outro

 

 

A GRANDE VIRADA

 

A boa notícia é que todos podemos nos transformar a todo o momento. Com a ajuda da Programação Neuro Lingüística, podemos moldar nossos comportamentos e nos transformar na melhor versão de nós mesmos.

comprometimento

 

mais importante é perceber que algo está fora de contexto e à partir desse ponto, podemos fazer mudanças incríveis em nossas vidas.

 

No momento em que tomamos consciência que podemos mudar, podemos reconstruir nossa autoimagem, elevar a autoestima, nos sentir merecedores de progredir, recuperar nosso respeito próprio e com certeza, poderemos nos comparar a nós mesmos, para medir nossa evolução.

 

Ao invés de servir ao outro de maneira tão extrema, podemos nos tornar comprometidos conosco, com nossos sonhos e objetivos, nos tornando tão motivados a ponto de acreditar que podemos alcançar as estrelas.

 

Se esse artigo ajudou você de alguma forma, que tal compartilhar com seus amigos! Deixe seu comentário! Eu ficaria muito feliz em saber sua opinião a respeito do que leu.

 

Até a próxima…

 

The following two tabs change content below.
Edvânia Romero

Edvânia Romero

Formada em psicologia. Sou Coach, formada pelo Instituto Edson Burger. Aprender para mim é crescer, expandir! Adoro compartilhar meu conhecimento. Acredito que quanto mais eu compartilho conhecimento, mais eu aprendo e me torno a melhor versão de mim mesma.
Edvânia Romero

Últimos Artigos porEdvânia Romero (see all)

Post do Autor Edvânia Romero

Edvânia Romero
Formada em psicologia. Sou Coach, formada pelo Instituto Edson Burger. Aprender para mim é crescer, expandir! Adoro compartilhar meu conhecimento. Acredito que quanto mais eu compartilho conhecimento, mais eu aprendo e me torno a melhor versão de mim mesma.